• Marcela Mortean

Il Toscano, um pedaço da Itália no Chile

Atualizado: Abr 8


Acordei com o despertar do relógio, que me dizia “É hora de ir trabalhar”. São as dez da manhã de um domingo que amanhece sem sol; talvez o dia tenha a mesma preguiça que eu para sair da cama. Ainda sonolenta, tomo um banho quente que dá um novo ânimo para meu corpo. Hoje é meu último dia de trabalho, e talvez por isso a vontade de viver lentamente cada processo tenha tomado conta de mim.

A exatamente dois meses repito esta rotina, e o faço com muito carinho. Chegamos na cidade de El Quisco, litoral chileno, no dia 1 de janeiro de 2016 para tentar arrumar um emprego e fazer um pouco de dinheiro para seguir nossa viagem. E assim foi; trabalhamos em um lindo restaurante italiano.

FOTO 1: Il Toscano, um pedaço da Itália no Chile.

Quando penso na Itália, me vem imediatamente na cabeça música, comida e família. Sempre imagino uma Itália com a tarantela de fundo, restaurantes que exalam manjericão, e famílias grandes, sempre reunidas nas casas e nas ruas, se abraçando e demonstrando seus afetos. Chegar no Il toscano foi encontrar tudo isso; como se, num passe de mágica, saíssemos do Chile e entrássemos na Itália.

O idioma, os gestos, os aromas e os sons me enchiam de nostalgia da minha casa, dos meus pais e das minhas irmãs, que nada tem de italiano, que são tão diferentes mas tem a mesma ternura e coragem de amar e transmitir este carinho diante de todos e a todos os momentos. Viver isso diariamente aumentou em nós o desejo de cruzar o Oceano Atlântico e vivenciar com mais intensidade esta Itália que nos foi apresentada com tanto carinho aqui, no Chile.

Foto 2: Elizabeth preparando macarrão.

Elizabeth, dona do restaurante, chilena, viveu muitos anos na Itália onde se casou e teve suas lindas filhas Brenda e Beatriz. Voltaram para o Chile há pouco tempo e abriram o restaurante, que é um sucesso. Considerado o melhor restaurante italiano do Chile, por sua deliciosa comida, pela delicada e especial recepção e pelo local, que surpreendentemente leva a todos a se imaginar na Toscana.

Como somos viajantes (adoro esta definição), e sem muita experiência de trabalho em grandes restaurantes, ficamos responsáveis por lavar os pratos no período da tarde (Alan), e ajudar Elizabeth, dona e cheff, na preparação dos pratos (euzinha). Confesso que me senti privilegiada por poder ocupar uma posição tão especial, visto que sempre gostei de cozinhar e seria uma grande oportunidade para aprender, aprender e aprender. E assim aconteceu. Alan lavou muitos pratos, copos, taças, panelas e talheres; também secou e ajudou a guardar; eu não acreditava muito que ele conseguiria ser rápido para desempenhar esta tarefa, mas me surpreendeu com sua organização e eficiência. E eu aprendi muito sobre texturas, temperos e sabores de uma cozinha italiana.

Foto 3: Alan lavando pratos

Chegamos para trabalhar, e sem nos conhecer, Elizabeth nos contratou. Trabalhamos forte durante a temporada de verão e ganhamos bem... Digo, ganhamos muito bem, pois além do salário no final de cada mês, recebemos o melhor pagamento de todos, que foi sua amizade e seu carinho. Sempre nos presenteava com comidas saborosas feitas por ela, sempre nos recebia com um lindo sorriso e um afetuoso abraço a cada dia, mesmo quando nem tudo andava bem.

Foto 4 : Obrigada Elizabeth!!! Tem nosso enorme carinho, sempre.

A ideia de escrever este texto surgiu como uma forma de agradecer a toda a equipe, principalmente Elizabeth. Agradecemos aos amigos que fizemos, companheiros de trabalho e de festa, que sempre nos ajudaram. Agradecemos ao universo pela linda família que nos presenteou, e da qual hoje fazemos parte, pois juntos construímos momentos que estarão interiorizados em nossos corações.

Arrivederci!!!

Foto 5: Equipe Il Toscano.

#Chile #família #OsAntípodas #diáriodebordo #ProjetoCiclos #trabalho

11 visualizações

2015 - 2020 por Os Antipodas. Copyleft