• Alan e Marcela Mortean

O mate, no Uruguai

Atualizado: Abr 7


- Conhecendo o Uruguai

O mate é parte da tradição e cultura uruguaia, assim como o é no Paraguai; uma tradição herdada dos índios guaranis que habitavam a região que compreende hoje o Paraguai, Rio Grande do Sul, Uruguai e uma parte da Argentina.

Aqui no Uruguai todos tomam mate: jovens, adultos e idosos, algumas vezes ao dia. Para esquentar o corpo nos primeiros momentos da manhã, no inverno, é ótimo. Desde o Mato Grosso do Sul no Brasil, a erva mate é nossa companheira diária: em dias frios tomamos com água quente (chimarrão no Brasil, ou mate no Uruguai e Argentina); em dias quentes tomamos com água fria (tereré).

Tomar mate não é como tomar café. É um ritual, que envolve sua preparação e consumo “despacio” (lento, tranquilo), desfrutando o aroma e o sabor de cada gole, enquanto conversa com amigos, aprecia uma paisagem, ou filosofa sobre a vida.

A erva mate consumida no Uruguai é toda produzida no Brasil, que teve sua indústria do mate desenvolvida no século XIX, quando o Paraguai, principal produtor da erva, deixou de exportá-la.

Além de remontar à história e às tradições, o consumo regular de erva mate estimula as atividades físicas e mentais (cafeína), ajuda a prevenir a osteoporose (cálcio) e fornece sais minerais como ferro, fósforo e magnésio.

#Uruguai #cicloturismo #OsAntípodas #ProjetoCiclos #conhecendoopaís #culturaetradições #dicas

26 visualizações

2015 - 2020 por Os Antipodas. Copyleft