• Os Antípodas

Um ciclo se inicia (2)

Atualizado: Abr 7

Dia 3 – de Teresópolis a Petrópolis:

Acordamos cedo, e apesar do corpo dolorido, decidimos seguir para nosso próximo destino: Petrópolis, cidade Império, a 54 km de Teresópolis, também situada na região serrana fluminense. Nossas bicicletas haviam “dormido” num estacionamento, e o responsável pelo lugar, depois de nos ajudar a consertar um vazamento que havia em nosso reservatório de água, compartilhou sua água conosco. Logo na saída da cidade de Teresópolis começamos a subir a serra de Itaipava, uma estrada linda, quase sem movimento, o que tornava mais agradáveis os 8,8km de terreno inclinado.

Durante o trecho, descemos e empurramos as bicicletas em alguns momentos, e paramos duas vezes para beber água e comer amendoim cru, banana e o que ainda restava do queijo suíço. Valeu a pena cada metro acima. Chegamos ao topo (880m) após, acredito eu, 3 horas de pedalada. E que beleza! Podíamos ver, lá de cima, vários quilômetros à frente repletos de vegetação. Uma linda e extensa descida, rodovia vazia, clima ameno. Foi uma delícia descer e descer vários km, e no fim Petrópolis se apresentava. Oh Maravilha!

Entramos em Itaipava, um bairro da cidade, e seguimos rumo ao centro. Caminho plano e com um considerável movimento. Muitos carros, ônibus, caminhões, motos indicavam a proximidade de nosso destino. Por volta das 17 horas chegamos ao centro histórico da cidade de Petrópolis, então era só procurar um local para dormir e descansar. Confesso que não foi fácil, ficamos perdidos na cidade, em meio ao intenso movimento de automóveis. Não estávamos bem informados e não sabíamos que Petrópolis tinha mais de 300 mil habitantes... Esperávamos algo mais parecido com Ouro Preto, de Minas Gerais. Depois de muito rodar e perguntar, encontramos um hotel, o mais barato que encontramos, mas o mais caro da viagem. Cansados e assustados com a “metrópole” que se apresentava diante de nós , fomos dormir depois de comermos batata e cenoura refogadas, com tapioca, agrião e uns pedacinhos de queijo, com nosso “kit” de cozinha.

Conhecemos a cidade de Petrópolis, visitamos o Museu Imperial (quanto luxo!!), curtimos uma pracinha, descansamos e, para terminar, descemos para a capital (Rio de Janeiro). Tomamos um ônibus, pois me encontrava um pouco indisposta, com cólicas pré-menstruais. Chegamos ao Rio felizes para poder aproveitar um final de semana com os amigos, antes de partirmos para Belo Horionte para nos organizarmos para realizar nosso grande projeto: Pedalar pela América Latina.

Foram 3 dias de pedaladas, muita energia gasta, muita alegria em retornar ao pedal, depois de 3 meses da última viagem de bike! Encontramos, como sempre, pessoas lindas dispostas a nos ajudar; encontramos comida gratuita e com fome não iríamos ficar. Apesar do início da viagem inesperado, tudo ocorreu bem e ficamos com mais algumas lindas lembranças para guardar.

Agora é preparar para a América latina!!! E vamo que vamo!!

#cicloturismo #Brasil #OsAntípodas

2015 - 2020 por Os Antipodas. Copyleft